fbpx

São Luís

Alunos passam mal após inalar fumaça de sinalizador em escola de São Luís

Estudantes do Centro Educa Mais Prof.ª Margarida Pires Leal, escola da rede pública estadual, localizada no bairro da Alemanha, participavam de uma Gincana, nesta segunda-feira, 12, quando um aluno estourou um sinalizador. O estrondo causou tumulto e vários jovens passaram mal, possivelmente por inalarem fumaça, segundo informou a Secretaria de Estado da Educação (SEDUC).

Segundo a direção da escola, o uso inadequado de um sinalizador de fumaça por parte de uma equipe durante a atividade ocasionou o problema. No momento do incidente, os alunos se preparavam para a apresentação de danças regionais, visto que o evento estava sendo realizado na quadra da escola.

Em vídeos que circularam nas redes sociais, os jovens afirmam que houve negligência por parte da direção para buscar ajuda ao Pronto-Atendimento do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

A Seduc esclareceu ainda que o Samu e o Corpo de Bombeiros foram imediatamente acionados, para prestar socorro às vítimas. Ao todo, um estudante foi levado ao pronto-socorro devido a uma crise asmática.

Advertisements

Deixe uma resposta