Argentina sai na frente, mas cede empate ao Chile em estreia na Copa América

O belo gol de falta de Messi, marcado no primeiro tempo, não foi suficiente para a Argentina estrear com vitória na Copa América. Superior no primeiro tempo, a Albiceleste viu o Chile crescer e empatar na segunda etapa. Vargas, em rebote de pênalti desperdiçado por Vidal, fez o último da partida. A Argentina pressionou no fim, mas não conseguiu sair do 1 a 1.

Tabela

Com o empate, Argentina e Chile dividem a liderança do grupo A da Copa América. A situação, no entanto, deve mudar ainda nesta segunda-feira, quando se enfrentam Paraguai e Bolívia. Se houver vencedor, este saltará para a ponta da tabela. O Uruguai, que fecha a chave, folga nesta rodada.

Próximos jogos

Argentina e Chile voltam a campo na sexta, pela segunda rodada da competição. A Roja pega, às 18h, na Arena Pantanal, a Bolívia. A Albiceleste joga mais tarde. Enfrenta o Uruguai no Clássico do Rio da Prata às 21h, no Mané Garrincha.

Primeiro tempo

Após um início equilibrado, a Argentina passou a ser bem superior ao Chile, que optou por uma estratégia mais defensiva, preparando-se para o contra-ataque. Cedeu muitos espaços aos adversários e não conseguiu aproveitar os que lhe foram oferecidos. A equipe albiceleste empilhou e desperdiçou chances, e só saiu na frente pelo brilho individual de Messi, que esbanjou categoria em cobrança de falta frontal aos 32 minutos do primeiro tempo.

Comemoração gol Argentina x Chile Copa América

Comemoração gol Argentina x Chile Copa América (Foto: André Durão)

Segundo tempo

O jogo mudou completamente no segundo tempo. Antes retraído, o Chile foi à frente. Antes dominante, a Argentina perdeu campo e posse de bola. Não tardou para que La Roja empatasse. Logo aos 11, Vidal sofreu pênalti que precisou do VAR para ser confirmado. Ele mesmo foi para a cobrança, perdeu, mas Vargas chegou no rebote para marcar.

Uma vez tendo sofrido o empate, a Argentina voltou à carga ofensiva e retomou o controle do jogo, evolução que se acentou com as mudanças no final do jogo. Mas, mesmo com Aguero e Di Maria em campo, o time Albiceleste não conseguiu desempatar.

Gol Chile x Argentina Copa América

Gol Chile x Argentina Copa América (Foto: André Durão )

Teve lampejos, mas não brilhou

Embora tenha feito um belíssimo gol, Messi não foi brilhante diante do Chile. Além da falta que abriu o placar, ele só criou outras grandes chances na parte final do segundo tempo. Não foi mal, é verdade, mas sempre se espera o máximo de um dos maiores da história.

Messi bate falta para abrir placar em Argentina x Chile

Messi bate falta para abrir placar em Argentina x Chile (Foto: Divulgação/Conmebol)

Será que dá?

O atacante Vargas marcou, diante da Argentina, seu 13º gol em Copa América. Está agora a quatro dos máximos goleadores da história da competição, o argentino Norberto Mendez e o brasileiro Zizinho. Será que dá para chegar?

Vidal Vargas Chile 1x1 Argentina Copa América

Vidal Vargas Chile 1×1 Argentina Copa América (Foto: André Durão)

Tabu mantido

O Chile segue sem vencer a Argentina na Copa América. Agora são 29 confrontos entre as equipes, com 20 vitórias da Argentina e nove empates. Dois desses resultados iguais, porém, tiveram sabor de triunfo para a Roja, já que foram nas finais da competição em 2015 e 2016. Ambas terminaram em título dos chilenos nos pênaltis.

VAR em ação

O árbitro de vídeo teve trabalho nesta noite. Ele teve que atuar para confirmar o pênalti em Vidal, que o juiz de campo não marcara, e também se comunicou com Wilmar Roldán para assegurar que um lance da Argentina no final do jogo não deveria ser anotado como penalidade.

Com informações do GE

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: