Argentino procurado pela Interpol por abuso sexual é preso no Maranhão

 Na manhã desta segunda-feira (27), foi preso no Maranhão o argentino Daniel Adrian Marconi pela prática do crime de abuso sexual qualificado. O homem, que era procurado pela Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol), foi preso pela Polícia Federal no Maranhão, através de sua Representação Regional da Interpol e da Delegacia de Polícia Federal em Imperatriz.

Contra Daniel Adrian foi cumprido um Mandado de Prisão Preventiva para Extradição, expedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

Segundo a PF, Daniel residia na cidade de Imperatriz, no Maranhão, desde 2018, e estava na lista de Difusão Vermelha da Interpol, que é um alerta internacional (na Interpol), expedido por autoridades judiciais de países-membros, para fins de extradição de pessoas procuradas pela justiça criminal.

Agora Daniel Adrian Marconi será encaminhado ao sistema prisional, onde aguardará até sua possível extradição para a Argentina.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: