Auxiliar penitenciário é vítima de tentativa de homicídio no Anjo da Guarda, em São Luís

Um auxiliar penitenciário foi baleado na manhã desta segunda-feira (02) no bairro Anjo da Guarda, em São Luís.

O homem, identificado como Anderson Bernardes Rocha, foi atingido por quatro tiros ao sair de sua casa. Anderson é lotado na Unidade Prisional de Ressocialização do Monte Castelo, em São Luís.

De acordo com as primeiras informações, o auxiliar penitenciário estava saindo em seu carro para buscar a namorada, quando foi surpreendido por dois indivíduos em uma moto.

Não há informações sobre a motivação do crime. A vítima deu entrada no Hospital Djalma Marques, o Socorrão 1, por volta das 7h, onde foi encaminhado diretamente para o centro cirúrgico.

Segundo o 9° Batalhão de Polícia Militar, Anderson foi alvejado com pelo menos dois tiros, um no tórax e outro no braço esquerdo.

O estado de saúde do servidor é estável e ele permanece no centro cirúrgico da unidade hospitalar.

Veja abaixo a nota da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP) na íntegra:

A Seap lamenta o ocorrido com Anderson Bernardes Rocha, de 49 anos, auxiliar de segurança penitenciária na Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) do Monte Castelo. As circunstâncias da ocorrência estão sendo apuradas pela Polícia Civil, e as forças de segurança estão tomando as providências legais para elucidar o caso.

A Seap esclarece que, no momento, Anderson passa por procedimento cirúrgico para retirada dos projéteis, sendo dois deles na região do abdômen. O agente atua, há mais de quatro anos, como servidor da Seap, desenvolvendo atividades de segurança no sistema prisional do Maranhão.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: