fbpx

Maranhão Política

Bancada maranhense terá expressiva mudança nos próximos dias em Brasília

Em uma de suas últimas revisões nas regras, durante o período da pandemia, a Fifa (entidade máxima do futebol) autorizou a realização de até cinco substituições durante uma partida. A regra não é do campo da política, mas pode ser aplicada do mesmo modo em breve.

Será apenas uma coincidência a relação com a regra futebolística. Mas, no campo político, tal situação já era aguardada. A maior alteração na bancada maranhense deve ser promovida pelo PL – partido do ex-presidente Jair Bolsonaro. O presidente regional, deputado Josimar Maranhãozinho vai sair em licença. Junto com ele, todos os outros deputados deixam o mandato temporariamente. Veja quem sai e quem entra nas vagas do PL:

Quem também sairá em licença é o deputado Aluísio Mendes (Republicanos). A vaga será ocupada por Mariana Carvalho (Republicanos).

Acordos políticos

Algumas das mudanças a serem promovidas têm como grande objetivo dar visibilidade a nomes que pretendem concorrer nas próximas eleições municipais.

Paulo Marinho Júnior é pré-candidato a prefeitura de Caxias, enquanto que Henrique deve concorrer ao Poder Executivo municipal em Timon. Mariana Carvalho deve se lançar pré-candidata a prefeita de Imperatriz em breve.

Os suplentes Silvio Antônio e Galego vão assumir devido a acordo firmado com a direção do partido antes da eleição.

Mudança pode ser maior

Está em discussão, dentro do PDT e do Podemos a possibilidade de outras duas substituições.

No PDT, Márcio Honaiser daria lugar a Fábio Câmara e, no Podemos, o presidente da sigla, Fábio Macedo, se licenciaria para que Dr. Gonçalo assuma a vaga por um período.

Se todas estas substituições acontecerem, teremos, somados aos dois suplentes que estão em exercício de mandato, nove mudanças só na Câmara Federal – metade da bancada. Se juntarmos a ainda suplente em exercício de mandato no Senado, Ana Paula Lobato (PSB), teremos 10 substitutos exercendo mandato.

Senado fixa formato atual

Com a ida de Flávio Dino para o Supremo Tribunal Fedefral (STF), a senadora em exercício, Ana Paula Lobato (PSB), se torna titular da vaga.

Veja quadro atual e como pode ficar

Advertisements

Deixe uma resposta