fbpx

Bispo Manoel Ferreira e AD Madureira de mãos dadas com o PT

Nesta quarta-feira (16), uma foto compartilhada pelo ex-governador do Rio de Janeiro, Anthony Garotinho, gerou muitos burburinhos e causou polêmica entre os evangélicos.

Garotinho trouxe à tona o encontro ‘secreto’ do bispo primaz da Assembleia de Deus Madureira, Manoel Ferreira, com o ex-presidente Lula (PT), principal concorrente de Bolsonaro na corrida presidencial de 2022.

Além do líder religioso, Lula e o deputado Ceciliano, também estiveram presentes no encontro a deputada Benedita da Silva – única petista da bancada evangélica – e a presidente da legenda, a deputada Gleisi Hoffmann. Na imagem divulgada, o grupo está sentado em volta de uma mesa, todos de braços dados e erguidos.

De acordo com A Folha, o encontro ocorreu duas semanas atrás, na véspera do feriado de Corpus Christi, no sítio do deputado estadual André Ciciliano (PT-RJ), em Mendes (RJ).

O ex-presidente ficou hospedado no sítio durante sua visita à capital carioca. Segundo informações, o convite partiu do presidente da Assembleia do Rio, que é padrinho político do vereador Júnior Martins, do PT de Japeri (RJ).

O vereador revelou que o ex-presidente tem interesse em ter um vice evangélico na chapa para 2022.

A fotografia de Manoel e Lula levantou a hipótese de que a Assembleia de Deus Madureira poderia estar preparando terreno para uma reaproximação com o PT.

Vale destacar que, em anos passados, a romaria de políticos até o bispo Samuel Ferreira incluiu João Doria (PSDB-SP), Michel Temer (MDB-SP), Aécio Neves (PSDB-MG) e o antigo aliado Eduardo Cunha (MDB-RJ).

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: