Blog denuncia que Bebê pode morrer por falta de leito e culpa Flávio Dino

O Blog Neto Ferreira divulgou no inicio dessa manhã de quinta-feira (3) uma denuncia sobre um bebe, segundo o blog a família procura um leito para o pequeno Kauan dos Santos de apenas 2 meses.

Kauan é portador de Cardiopatia Congênita e precisaria o mais rápido possível de cirurgias, uma vez que apenas o estado pode oferecer. O blog ainda relatou que a família é do interior do estado e nao podem se manter na capital sem que obtenham uma resposta satisfatória em favor de Kauan.

Veja a Matéria na íntegra

Enquanto o governo Flávio Dino (PCdoB) investe no projeto político para 2022, a saúde do Maranhão entra em colapso a cada dia que passa.

O Blog do Neto Ferreira recebeu uma denúncia grave sobre a omissão da gestão comunista. Há mais de 1 mês os pais do bebê Eduardo Kauan dos Santos Silva, que tem apenas 2 meses de vida e é portador da doença Cardiopatia Congênita, lutam para conseguir atendimento e um leito no Hospital Carlos Macieira, mas sem sucesso.

Kauan recebeu o primeiro atendimento no Hospital Municipal da Criança, onde foi diagnósticado com a doença. A equipe médica afirmou que o bebê precisaria de 5 cirurgias para sobreviver, mas os procedimentos são realizados apenas na rede estadual de Saúde.

Desde então, a família trava uma luta com o Estado para conseguir as cirurgias. À espera de um leito, o bebê passou um mês internado no Hospital da Criança, onde contraiu uma gripe devido a sua baixa imunidade.

Após esse período, os pais foram orientados a levar o menino para casa, pois a gripe não cessava, mas não foram informados que, a partir da saída da unidade, o Hospital não teria mais responsabilidade pelo caso.

A partir disso, a família foi à Secretaria de Saúde, que não deu qualquer resposta para o caso. Então, a situação foi denunciada ao Ministério Público, que entrou na Justiça para que o governo forneça um leito e realize os procedimentos.

Nós não temos como nos manter aqui em São Luís, somos de Carutapera e estamos hospedados na casa de uma amiga. Mas a situação está difícil. Já fomos na Secretaria Estadual de Saúde, que não deu nenhuma resposta para o caso. O meu filho precisa das cirurgias para sobreviver. Vamos aguardar a Justiça. Esperamos que ela resolva”, desabafou o pai do Kauan.

Agora pela manhã, a Justiça determinou que, em um prazo de 48h, o governo forneça o leito para o Kauan.

 

O Imaranhão busca contato com a SES – Secretaria de Saúde de Estado do Maranhão, porém até agora sem sucesso.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: