BNCC começa entrar em vigor em escolas de ensino fundamental públicas e privadas a partir do próximo ano

Base Nacional Comum Curricular (BNCC) será realidade nas salas de aula a partir de 2020 para educação infantil e ensino fundamental. O documento define o que deve ser aprendido a cada etapa da vida escolar. Vale tanto para escolas públicas quanto privadas. Em 2022, será a vez do ensino médio.

A BNCC foi aprovada em dezembro de 2017 pelo Conselho Nacional de Educação (CNE). Referência para a construção dos currículos de todas as escolas do país, foi elaborada com a participação de especialistas e estabelece como pilares 10 competências gerais que irão nortear o trabalho das escolas e dos professores em todos os anos e componentes curriculares da educação básica.

A Base Nacional Comum Curricular, ou BNCC, é um documento criado para conduzir o ensino das escolas brasileiras, desde a Educação Infantil até o Ensino Médio.

A BNCC não é um currículo pronto, com normativas exclusivas. Ela funciona como uma orientação aos objetivos de aprendizagem de cada etapa da formação escolar, sem ignorar as particularidades de cada escola no que diz respeito à metodologia e aos aspectos sociais e regionais.

Ou seja, cada instituição terá a liberdade de construir o seu currículo, utilizando as estratégias que julgam mais adequadas em seu projeto político pedagógico, desde que estejam sintonizados com a BNCC.

Portanto, seu principal objetivo é ser a balizadora da qualidade da educação no país por meio do estabelecimento de um patamar de aprendizagem e desenvolvimento a que todos os alunos têm direito.

Todo e qualquer colégio tem a obrigação de cumprir as diretrizes estabelecidas no documento, que definem o que deve ser aprendido em cada etapa da educação de base de um cidadão brasileiro.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: