Bolsonaro reafirma que irá vetar o novo fundão eleitoral

O presidente da República, Jair Bolsonaro, voltou a afirmar que irá vetar o fundão eleitoral, aprovado recentemente na Lei de Diretrizes Orçamentárias 2022.

Na segunda-feira (19), logo após deixar o hospital, Bolsonaro concedeu entrevista a TV Brasil, deixando claro que não só não concorda com o aumento proposto para o fundo eleitoral do ano que vem, como também deverá vetar o chamado fundão eleitoral.

De acordo com o que foi aprovado no Congresso Nacional, o fundão eleitoral chegaria a R$ 5,7 bilhões. O valor, fruto de dinheiro público, representa três vezes o valor de R$ 2 bilhões previsto para as eleições de 2018 e de 2022.

Na noite de terça-feira (20), nas redes sociais, Bolsonaro reafirmou que vetará o polêmico reajuste. O presidente da República fez questão de destacar a harmonia entre os poderes, mas que não poderia concordar com esse aumento e por respeito ao povo brasileiro não iria sancionar.

É aguardar e conferir, mas em confirmado o veto, Bolsonaro ganhará força com a população brasileira, mesmo sabendo de um eventual desgaste junto a classe política.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: