Caminhada de Dr. Amílcar Rocha é tímida enquanto Léo Costa atrai centenas de pessoas

A guerra do período eleitoral já começou de fato em Barreirinhas, o que confirma isso é o inicio das campanhas eleitorais dos principais candidatos a prefeito do município, que fica localizado no território dos Lençóis Maranhenses, cerca de 280 km da capital, São Luis e sua população chegando a quase 63 mil habitantes.

No início, na pré-campanha, sete candidatos saíram para a disputa pelo executivo, sendo eles, Albérico Filho, Amílcar Rocha, Celsinho Rodrigues, Joab Marreiros, Léo Costa, Korina Correa e Washington Luis.

No meio do caminho, dois desses não conseguiram lançar suas candidaturas sendo eles Albérico Filho e Korina Corrêa, o primeiro foi impugnado por atraso em prestação de contas e a segunda por não completar a documentação junto ao TSE.

 

Com o atual prefeito fora do páreo, estes primeiros dias de campanhas já se tem um prognóstico que a disputa ficará polarizada entre o comunista Amílcar Rocha, candidato do Governo do Estado e Léo Costa, candidato que tem um vasta história de luta por Barreirinhas e tem como apoio Aluísio Mendes, vice-líder do governo Bolsonaro.

 

A efeito de comparação o que se ver é; mesmo liderando nas pesquisas ate aqui é que o ex-pedetista Léo Costa que teve um maior destaque em sua primeira caminhada em comparação ao candidato comunista que em várias outras, não obteve nem a metade de pessoas.

 

Na última sexta-feira o candidato Léo Costa fez uma caminhada nas principais ruas do centro da cidade e atraiu uma multidão, enquanto o candidato Amílcar Rocha, fez uma caminhada nos bairros Cebola, São Domingos, Residencial Brasil e Boa Vista, onde, segundo informações não obteve uma quantidade significativa de pessoas.

 

O que se percebe é que Léo Costa tem dito uma vantagem em agregar votos.

 

Editorial Imaranhão.

 

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com. Siga, também o Imaranhao no Twitter, Instagram e curta nossa página no Facebook, se inscreva no nosso canal no Youtube. Entre em contato com nossa redação pelo WhatsApp ou ligue (98) 99192-0896

 

 

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: