fbpx

Maranhão

Ceuma faz parceria com a Faema para beneficiar produtores rurais do Maranhão

A Universidade Ceuma trouxe mais uma grande e importante novidade para 2024, uma parceria com a Federação da Agricultura do Estado do Maranhão (Faema), que vai beneficiar produtores do campo e, também, ampliar o conhecimento de seus alunos da graduação e especialização, em várias áreas do conhecimento.

Com a parceria entre as duas instituições, haverá a ampliação da oferta de serviços aos produtores do campo, como análise de solo e água em propriedades rurais atendidas pelo programa de Assistência Técnica e Gerencial (ATEG) executado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) no Maranhão.

O primeiro Termo de Parceria irá atender os polos de atuação do Senar mais próximos da universidade, na área de abrangência e proximidades da Ilha de São Luís.

O anúncio da parceria foi feito em uma reunião entre o presidente da Faema, Raimundo Coelho, e o diretor institucional do Grupo Ceuma, Fábio Braga.

“Esse serviço é muito importante para que o produtor rural possa monitorar as condições de solo e água de sua propriedade, e buscar ferramentas para corrigi-los de acordo com as necessidades levantadas. Essa prática torna a atividade agropecuária mais sustentável e aumenta significativamente a produtividade, tornando a propriedade mais rentável”, explica o presidente da Faema, Raimundo Coelho.

A parceria também vai possibilitar à Faema acesso aos serviços do Laboratório e Clínica de Saúde, ligado aos cursos de Saúde da Universidade Ceuma. Além disso, a cooperação deve também estimular que associados e familiares de produtores rurais tenham acesso aos cursos do Ceuma, garantindo formação de qualidade para eles.

Outro benefício oferecido aos produtores rurais, por meio dessa parceria, é que eles tenham acesso a serviços e conhecimentos aplicados em projetos de pesquisa e laboratórios dos cursos de pós-graduação da Universidade Ceuma, especialmente Mestrados em Meio Ambiente, Gestão de Programas e Serviços de Saúde, Direito e Afirmação de Vulneráveis, além dos cursos de graduação e especialização em várias áreas do conhecimento.

“Essa parceria futura entre produtores e pesquisadores alunos e professores irá produzir e aplicar conhecimentos ambientais a partir de metodologias ativas baseadas em problemas ambientais regionais e locais, sendo consideradas a especificidade e a diversidade dos ecossistemas e identificados os problemas desses sistemas”, explica o diretor institucional do Grupo Ceuma, Fábio Braga.

Para a Faema, o acesso aos serviços do laboratório de saúde do Ceuma vão possibilitar, ainda, com que haja o fortalecimento das ações de promoção social desenvolvidas pela Federação, especialmente na oferta de serviços que ela executa nas ações e eventos ligados ao Programa Saúde da Mulher e do Homem Rural, que são desenvolvidos ao longo de todo o ano, em vários municípios do Maranhão, com o apoio de sindicatos rurais e prefeituras.

“Aqui na universidade temos laboratórios modernos, equipamentos e profissionais, professores e pesquisadores experientes e alunos em formação acadêmica (programa de iniciação científica) à disposição para prestação desse serviço que já é recomendado e acompanhado pelos técnicos do Senar. Então, essa é uma parceria onde todos ganham, sobretudo o produtor rural maranhense, que participará do aprimoramento e formação de graduados, alinhando assim à realidade do mercado, com as tecnologias emergentes e a ciência de ponta que se impõem como vertente de inovação e pesquisa no mundo e no Brasil. Vamos aumentar a convivência de produtores com profissionais, pesquisadores e professores”, comemora o diretor da Universidade Ceuma.

Além da parceria para o uso dos serviços dos Laboratórios e Clínica e em pesquisas da Universidade, o diretor Fábio Braga também se comprometeu em viabilizar cadeiras e carteiras escolares em bom estado para melhorar a infraestrutura dos polos de educação rural mantidos pelo Senar em todo o Maranhão.

A Faema destaca que, em 2024, estarão ativos 13 polos de educação rural, instalados em estruturas administradas por sindicatos de produtores rurais filiados à Federação. ( imirante )

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Deixe uma resposta