China tem escondido o número de infectados pela covid

No país mais populoso do mundo e onde surgiu a Covid-19, apenas 4.636 pessoas morreram da doença; para efeito de comparação, o Paraná acumula 40.667 mortes desde o início da pandemia.

Destas 4.636 mortes, 4.632 ocorreram até abril de 2020. Desde então, apenas mais quatro óbitos foram registrados, metade deles em 2021 inteiro. Pouco mais de 100 mil chineses tiveram Covid-19 desde que os primeiros casos foram registrados em Wuhan, enquanto o Paraná, com uma população mais de 120 vezes menor, já soma quase 1,6 milhão de infectados.

Parece inacreditável, mas estes são os dados oficiais da Covid-19 na China divulgados pelo governo do país – naturalmente, nenhum pesquisador sério considera que traduzam a realidade.

Em artigo publicado no fim de semana no site da revista Forbes, o pesquisador George Calhoun, do Instituto de Tecnologia Stevens, dos Estados Unidos, apontou que o índice de mortes por Covid-19 na China a cada 100 mil habitantes é “uma impossibilidade estatística, médica, biológica, política e econômica”.

As estatísticas oficiais da ditadura chinesa indicam 0,321 óbito pela doença a cada 100 mil pessoas desde o início da pandemia, enquanto nos Estados Unidos o índice é de 248 por 100 mil habitantes – quase 800 vezes maior.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: