Cinco vereadores abandonam a primeira Sessão do ano na Câmara de Vereadores de Barreirinhas

A Primeira Sessão da Câmara de Vereadores de Barreirinhas foi marcada por pautas e requerimentos importantes, entres se destacam se os novos nomes das comissões, além das menções da oposição pedindo esclarecimentos sobre a nova licitação do executivo municipal da merenda escolar.

Segundo dito na tribuna pelo vereador Fabio Rocha (PT), a licitação tem princípios claros de superfaturamento, umas vez que os preços de alguns produtos, nitidamente estão acima do valor de comercio de varejo.

O vereador deu exemplo da lata de leite desnatado que no mercado varejista custa cerca de 21,00 reais a unidade, na licitação feita pelo executivo o valor da mesma custará aos cofres públicos cerca de 171,00 reais.

Outro ponto auto da Sessão foi o requerimento de voto de repúdio do Vereador Ronald Augusto(Ronin) que em tecer se posicionou pedindo o afastamento da então Secretaria de Saude do Municipio, Victoria, pois o mesmo alega que a ineficiência da gestora tem contribuído para as problemáticas e da má qualidade da saúde na cidade.

Os novos membros das comissões foram:

Comissão da Educação: Vereadores – Cilene Melo (Presidente), Leonildes Chaves, Socorro do Viva e Ribinha da Palmeira.

Comissão da Justiça: Vereadores – Socorro do Viva (Presidente), Cacate e Cleudiomar.

Comissão de Orçamento de Finanças: Vereadores – Cleudiomar (Presidente), Fabio Rocha, Zé do Reizinho e Cacate.

Comissão de Obras: Vereadores – Evani Rocha(Presidente), Mauriedson e Ronald Augusto.

Comissão da Saúde: Vereadores – Zé do Reizinho(Presidente), Ronald Augosto, Cilene Melo e Mauriedson.

Mais o destaque do dia foi o abandono de cinco parlamentares. Quase ao termino da sessão, por volta das dezoito horas e doze minutos, cinco vereadores abandoaram a plenária.

A debandada foi iniciada pelo vereador Cleudiomar da Fazendinha, que foi acompanhado pelos vereadores, Zé do Reizinho, Ribinha da Palmeira, Mauriedson e Ronald Augusto.

A tal atitude sem ao menos uma justificativa, demonstra da parte dos legisladores a falta de respeito com a casa e os cidadãos ali presentes.

O cargo de vereador é algo importantíssimo para manter a democracia, sendo o principal elo entre sociedade e poder público.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: