fbpx

Maranhão

CNMP afasta promotor de justiça acusado de extorquir presidente da Câmara de São Luís

O promotor de justiça Zanony Passos Silva Filho, foi afastado do cargo na tarde desta terça-feira (16), por uma determinação do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), por suspeita de extorsão contra o presidente da Câmara Municipal de São Luís, Paulo Victor (PSDB).

O pedido de afastamento deu-se por conta de uma ação ingressado pelo então vereador Paulo Victor, que havia entrado com a reclamação disciplinar, no último dia (5), de dezembro de 2023 no Conselho Nacional do Ministério Público, contra o promotor de justiça.

Na representação feita ao corregedor nacional do Ministério Público, Paulo Victor apresentou denúncias contra Zanony Filho, onde ele acusa o promotor de prática de extorsão no exercício do cargo.

Ao corregedor nacional do Ministério Público, o vereador pediu formalmente a instauração de um processo administrativo disciplinar contra o promotor e que seja concedida medida liminar para oi afastamento do cargo.

Na representação, em que formula a denúncia de extorsão, perseguição e ameaças, praticadas, segundo ele, pelo promotor Zanony Filho, Paulo Victor fez narrativa sobre a operação na Câmara, no qual vários vereadores foram alvos, na destinação de suas emendas parlamentares.

Paulo Victor afirmou que Zanony chegou a enviar uma lista com vários nomes para serem nomeados no gabinete da presidência da Câmara. ( difusora on )

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Deixe uma resposta