Coluna do Israel Diniz: Barreirinhas; 82 anos de cidade bela por natureza!

O tempo tem sido generoso para com esse pedaço de chão, o qual estamos vivendo vagarosamente…
Aniversário geralmente é uma data única, pois nenhum é igual, as emoções, as vivências, as histórias, os encontros, a saudade de quem partiu…
As mudanças são significativas e podem ser vistas em todo canto, algumas não tão bem agradáveis como queríamos, mas é a vida…

Hoje fico a pensar, como seria linda a festa dos 82 anos de emancipação política? Eu já estava com o vestuário pronto, não que eu seja cheio de moda, apenas comprei uma camisa nova e uma bermuda, não custou tão caro, sou tipo mão de vaca nessas coisas, pra que pagar caro numa roupa se gosto mesmo é das mais simples, enfim, imaginava dançar aquele forró até umas horas, coisa que eu gosto muito, não de fazer igual uns colegas que são iguais bailarinos, sou do perfil coxa com coxa, tipo tradicional, sem muitos rodopios…

Mas nem sempre os planos são possíveis de se realizar, pelo menos alguns são necessários replanejar ou até mesmo deixar de lado…
Mas algo me chama a atenção, a festa precisa ser feita, mas de uma outra maneira, não gastando com as celebrações que a ocasião merece, mas fazendo a alegria na mesa de milhares de famílias nesse nosso paraíso que não podem passar fome em plena festa de aniversário…

E gostaria sinceramente que cada um que ao ler esse texto, mesmo que não o faça sentir compaixão do outro, no mínimo compartilhe e talvez alguns outros tenham e juntos, mesmo que seja apenas como gesto simbólico ajudar a quem precisa mais do que nós!!!
Doar é um dos atos mais singelos que eu já pude vivenciar, uma vez que, tudo que temos não é nosso, vai ficar nesta terra quando nós partirmos dela.
Se você não pode doar muito, o pouco que o fizer já será muito grande para quem nada tem.
Pois a crise que nos abate talvez seja um chamado para o que as pessoas têm causado a esta geração, mas muitos estão pagando uma conta que não devem, os menos favorecidos…
Quem dera os ricos e mansos de coração também abrissem seus cofres, muitos não sofreriam tanto em momentos excepcionais como estes.

Mas é chegada a hora de comemorar, pois 82 anos é uma longa história…
Eu amo viver nessa Cidade bonita por natureza…
Parabéns Barreirinhas…
Ajude você também e que Deus nos dê a recompensa pelos nossos atos.

 

 

Por Israel Diniz

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: