Coluna do Israel Diniz: Coisas da Vida

Com o passar do tempo você se surpreende com acontecimentos que antes jamais teria capacidade de entender.
Como as pessoas são levadas pelo desejo momentâneo e machucam umas as outras com uma naturalidade inexplicável…
Difícil compreender como se diz gostar tanto de alguém e mentir, trair e continuar levando as coisas como se não doesse no outro.
E que sentimento é esse que não nos deixa fazer diferente para evitar o sofrimento?
Eu não tenho muitas experiências, sempre fui um andarilho, não encontrei um porto seguro que eu pudesse ancorar por muito tempo.

Não me sinto culpado, mas a culpa é em ver o outro a quem eu tanto gosto sofrer, por culpa de alguém que não o merece, sendo que esse alguém não sou eu.
Mais são coisas da vida, só o tempo pode traçar o melhor caminho, mesmo que seja uma trilha de espinhos, dor, mas que um dia chega ao fim, quem realmente se merece, chegue ao ápice do amor.
Uma certeza me mantém firme na estrada, sou eu mesmo, verdadeiro, arrogante, capaz de sofrer por mim e pelo outro, para que ele não sofra mais, pois a vida é assim, um mar desconhecido.
Seria tão simples se soubéssemos quem realmente nos faz bem, capaz de nos dar a mão e caminhar juntos sem medo, sem receio, sem nada que impeça a felicidade, independentemente da orientação sexual de ambos, cor, condição social ou qualquer outra coisa.

Enfim, são coisas da vida, o que tiver de ser será, é vida que segue…aqui vou eu….

E nesse “novo tempo”, onde o remoto se torna real, acontecimentos antes impossível, se realiza num piscar de olhos.
A humildade se revestiu do mais precioso perfume e todos a procuram como um abraço que não pode ser dado, pelo menos não agora.

E a ganância do ter e do ser passa a lutar para sobreviver, uma vez que, tem perdido sucessivamente as batalhas do dia a dia.
Enfim, são coisas da vida, nesse barco quem não ajudar a remar, pode ficarsozinho em um porto desconhecido.

Israel Diniz (Barreirinhas, 27/06/2020)

 

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com. Siga, também o Imaranhao no TwitterInstagram e curta nossa página no Facebookse inscreva no nosso canal no Youtube. Entre em contato com nossa redação pelo WhatsApp ou ligue (98) 98400-0977.

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: