Com sistema à beira do colapso, governo promete novos leitos no MA

O Governo do Maranhão segue prometendo obras, compras e adequações para entregar mais “centenas de leitos exclusivos para pacientes com coronavírus”. Segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES), as entregas serão feitas progressivamente nas próximas semanas.

De acordo com dados do boletim epidemiológico de domingo (26), a rede estadual de conta atualmente com 628 leitos dedicados unicamente a pacientes com Covid-19. Destes, 193 são de UTI, e 435, de enfermaria.

Como mais de 90% dos casos confirmados estão concentrados na Ilha de São Luís, é nessa região que está também a maior parte dos leitos: 112 de UTI e 267 clínicos.

Ocorre, também, que é na Grande Ilha que o sistema está mais próximo do colapso.

Dos 112 leitos de UTI, apenas 6 ainda estavam disponíveis na noite de ontem. Dos leitos clínicos, a taxa de ocupação já chega a 65,17%.

Desde que o governador Flávio Dino (PCdoB) anunciou que, se a ocupação de leitos de UTI chegasse a 80%, ele decretaria o fechamento total de atividades na Região Metropolitana, o governo conseguiu entregar apenas 5 leitos de UTI a mais.

Na ocasião, a ocupação dessas unidades de terapia intensiva era de 84,11%. Hoje, de 94,64%.

Ledá

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: