Condenado por latrocínio é preso dentro de hospital em São Luís

A Polícia Civil do Maranhão, através da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), deu cumprimento nessa quinta-feira (21), ao mandado de prisão por sentença condenatória contra Gerson Devision Chaves Pereira.

O homem, conhecido por “Cabelinho”, foi condenado a 22 anos de reclusão, pelo crime de latrocínio. O roubo seguido de morte aconteceu no dia 10 de abril de 2008, tendo como vítima José Nilton Escorcio de Resende. A vítima era um comerciante conhecido por “Piracuruca”, que morava no residencial Vinhais, em São Luís.

Gerson Devision foi preso depois de a polícia receber uma denúncia anônima, informando que ele estaria internado no Hospital Municipal Djalma Marques (Socorrão I), sem identificação.

Após a coleta das digitais, Gerson Devision foi identificado e preso. Depois das formalidades legais, o preso foi conduzido para o Hospital de Urgência e Emergência Dr. Clementino Moura (Socorrao II), sob escolta da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (SEAP).

Imirante

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: