fbpx

Esporte Futebol Imaranhão Esportes

Convocação da Seleção: Dorival Júnior anuncia sua primeira lista

O técnico Dorival Júnior anunciou nesta sexta-feira sua primeira lista no comando da seleção brasileira. Dorival convocou 26 jogadores para participar de amistosos contra Inglaterra e Espanha, nos dias 23 e 26 de março, os primeiros compromissos do Brasil em 2024. Entre as novidades estão o atacante Savinho (ex-Galo e atualmente no Girona), os meias Andreas Pereira (Fulham), João Gomes (Wolverhampton) e Pablo Maia (São Paulo), o lateral Wendell (Porto), os zagueiros Murilo (Palmeiras) e Beraldo (São Paulo) e o goleiro Rafael (São Paulo).

Confira a lista de convocados:

  • Goleiros: Bento (Athletico-PR), Ederson (Manchester City) e Rafael (São Paulo)*;
  • Laterais: Danilo (Juventus), Yan Couto (Girona), Ayrton Lucas (Flamengo) e Wendell (Porto);
  • Zagueiros: Beraldo (PSG)*, Gabriel Magalhães (Arsenal), Marquinhos (PSG) e Murilo (Palmeiras)*;
  • Meio-campistas: André (Fluminense), Andreas Pereira (Fulham), Bruno Guimarães (Newcastle), Casemiro (Manchester United), Douglas Luiz (Aston Villa), João Gomes (Wolverhampton), Lucas Paquetá (West Ham) e Pablo Maia (São Paulo)*;
  • Atacantes: Endrick (Palmeiras), Gabriel Martinelli (Arsenal), Raphinha (Barcelona), Richarlison (Tottenham), Rodrygo (Real Madrid), Savinho (Girona)* e Vini Jr (Real Madrid).

 

* Jogadores com asteriscos foram convocados pela primeira vez para seleção brasileira principal.

O nome de Richarlison foi mantido na lista de Dorival Júnior, apesar de uma lesão sofrida pelo atacante, revelada pelo técnico do Tottenham na manhã desta sexta-feira. A chamada foi alinhada com o departamento médico do clube inglês.

A lista foi fechada depois de um período de observação do técnico na Europa. Dorival Júnior passou duas semanas de fevereiro visitando clubes, jogadores e observando jogos do outro lado do oceano. Foram oito partidas e oito centros de treinamentos em que algum membro da nova comissão técnica marcou presença em Espanha, Inglaterra e França para análises.

Dorival Júnior em sua primeira convocação na seleção brasileira — Foto: REUTERS/Ricardo Moraes

Dorival Júnior em sua primeira convocação na seleção brasileira — Foto: REUTERS/Ricardo Moraes

Mais do que isso, Dorival e seus pares conversaram pessoalmente com 26 jogadores com potencial de convocação com o objetivo de estreitar laços e ganhar tempo para a Data Fifa que começa no próximo dia 18.

– Quero colocar que nenhuma reformulação pode ser feita de maneira radical. Ela necessita de uma mudança contínua e pautada em cima do reconhecimento que alguns dos atletas fizeram ao longo dos anos por merecerem estar onde estiveram e naturalmente vão continuar. Observarmos muito bem a chegada de jovens, oriundos de algumas de nossas seleções, como nas equipes que jogam nossos campeonatos nacionais – disse Dorival, antes de divulgar a lista.

Dorival Júnior cumpriu, também, vasta agenda no cenário doméstico, que terminou na noite de quinta-feira com presença no Maracanã para acompanhar o título do Fluminense na Recopa sobre a LDU. Foi o 18º jogo com presença no local para fazer observações por Dorival ou algum auxiliar desde que assumiu o comando da Seleção.

– Temos de ter cuidados sempre, mexemos com profissionais de excelente nível, cada um deles buscando um espaço e é natural que dos muitos nomes levantados só podemos contar com 26 num primeiro momento. É uma relação inicial, espero que todos entendam que o trabalho continua. Hoje mesmo vamos observar jogos de competições e os nomes podem alterar com o tempo. Temos uma pré-lista que ela pode aumentar ao mesmo tempo que alguns nomes saírem, mas todos serão monitorados, e é uma obrigação de todos nós. Não fugiremos desta responsabilidade. Não foi fácil elaborar a lista, temos de pensar em muitos detalhes além do principal, que é o encaixe tático que buscaremos neste curto espaço de tempo – comentou o treinador.

Dorival Júnior fala antes da primeira convocação: “Nenhuma reformulação pode ser feita de maneira radical”

Em diálogo com a Real Federação Espanhola de Futebol, a CBF conseguiu aumentar para 26 o número de convocados para que Dorival Júnior possa ver de perto mais jogadores na única lista antes da Copa América. A entidade ainda aguarda a posição da Inglaterra a respeito do amistoso em Wembley.

Depois de um dos piores anos da história em 2023, com cinco derrotas, um empate e apenas três vitórias em nove partidas, o Brasil projeta um recomeço nas mãos de Dorival Júnior. O amistoso com a Inglaterra está marcado para o dia 23, em Londres, no estádio de Wembley, enquanto a Espanha será a adversária dia 26, no Santiago Bernabéu, em Madrid. (GE)

Advertisements

Deixe uma resposta