Corinthians cai em Itaquera pela 4ª vez e é eliminado da Libertadores

Diante de 40.935 torcedores, o Corinthians venceu o Guaraní-PAR, por 2 x 1, mas o placar agregado de 2 x 2 definiu a classificação dos paraguaios e a eliminação da equipe brasileira. Luan e Boselli colocaram o Timão na frente e Fernando Fernández fez de falta o gol salvador.

O time de Tiago Nunes sofreu com o resultado do jogo de ida e não conseguiu reverter o que foi previsto em Assunção. O Guaraní jogou com o regulamento debaixo do braço e despachou os paulistas da competição continental. Agora, a concentração do Timão se volta para o clássico deste sábado (15/02/2020), contra o São Paulo, no Morumbi, pela 6ª rodada do estadual.

O jogo

Precisando correr atrás do resultado, o Corinthians conseguiu sair na frente do placar logo aos 8 minutos do primeiro tempo. Luan carregou a bola pelo meio e bateu colocado no canto direito do goleiro. No 20º minuto, foi a vez do Guaraní ameaçar a meta de Cássio. Fernando Fernández recebeu cruzamento, cabeceou e o goleiro paulista defendeu. O rebote ainda caiu em pés paraguaios, mas a redonda foi isolada.

O ritmo da partida seguiu intenso, quando na marca dos 28 Pedrinho recebeu o segundo cartão amarelo e acabou expulso do jogo. Três instantes depois, em boa trama, o Timão ampliou. Luan lançou Vagner Love e o atacante cruzou rasteiro pro companheiro argentino, Boselli, fazer 2 x 0.

Aos 38, Cássio salvou novamente. Ángel Benítez recebeu por cima e cabeceou forte, mas o guardião alvinegro estava bem posicionado para impedir o gol dos visitantes. Dois minutos depois, Fagner colocou bola no travessão e levantou a torcida na Arena. Nos acréscimos ainda deu tempo de Vagner Love tentar deixar o dele de cabeça, mas o goleiro Servio não deixou que a bola entrasse e fez boa defesa.

2º tempo

O Corinthians voltou do vestiário com o enredo pronto da classificação para a terceira fase da Libertadores, mas aos 7 minutos tudo mudou. Em cobrança de falta, Fernando Fernández bateu no contra-pé de Cássio e fez o gol que colocava o Guaraní na próxima etapa da competição novamente. O placar agregado mostrava 2 x 2 e o tento fora de casa dava vantagem aos paraguaios.

Na marca dos 19, Luan tentou imitar o adversário e passou muito perto. Bateu a falta colocada, mirando o ângulo direito de Servio e a bola tocou na rede pelo lado de fora. Parte do “bando de loucos” até chegou a comemorar gol.

Aos 30, Gustagol, que entrou no lugar de Vagner Love, acabou ficando com a bola na grande área, tirou do goleiro, bateu pro gol e o paraguaio se jogou para efetuar a defesa. Mas o lance já estava parado pois o bandeirinha apontou impedimento do atacante corintiano.

O árbitro deu cinco minutos de acréscimo, o Corinthians pressionou, mas não conseguiu furar a retranca paraguaia.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: