CPI ouve médicos defensores do tratamento precoce; assista

A CPI da Covid ouve nesta sexta-feira, 18, o depoimento de dois médicos defensores do tratamento precoce contra a covid-19: Ricardo Ariel Zimerman e Francisco Cardoso Alves (assista abaixo). O relator da CPI, Renan Calheiros (MDB-AL), e senadores da oposição abandonaram a sessão e se negaram a fazer perguntas aos médicos.

Francisco Cardoso Alves defendeu a autonomia médica e também a necessidade de uma pessoa só usar medicamentos com orientação de um médico. “Médicos foram inibidos, cercados, cerceados e, em alguns casos, proibidos de prescrever drogas para tratamento da covid-19, a depender da linha política do secretário de saúde local”, afirmou.

“Médicos renomados, dedicados, que tentavam explicar o absurdo disso começaram a ser taxados de negacionistas, obscurantistas, termos ofensivos que podem até caber numa seara de lide política, mas jamais deveriam estar presentes no sistema de saúde”, disse Cardoso Alves.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: