Deflagrada operação de busca e apreensão na casa do prefeito de Paço do Lumiar

Na manhã desta terça-feira (07),  o Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas do Ministério Público realizou uma operação de busca e apreensão na casa do Prefeito de Paço do Lumiar, Domingos Dutra (PCdoB), no bairro Maiobão. O alvo da investigação é a mulher do prefeito, a ex-secretária municipal de Administração e Finanças, atualmente secretária municipal de Planejamento, Núbia Feitosa Dutra.

A operação, que contou com apoio da Superintendência Estadual de Prevenção e Combate à Corrupção (Seccor), é devido a contratação irregular de terceirizados. Por volta das 6h, equipes da Gaeco estiveram na casa da ex-secretaria, porém estava desocupada. No local, documentos, computadores, telefones celulares e outras mídias eletrônicas foram apreendidos.

A Gaeco está fazendo busca e apreensão em cinco endereços na Região Metropolitana de São Luís. O Gabinete da secretaria de planejamento, a empresa Liberty, a residência do Prefeito de Paço do Lumiar e as residências da servidora Tierle, assessora da secretária estão entre os endereços com mandados.

IRREGULARIDADES
As investigações apontaram que a empresa anteriormente contratada para prestar serviços gerais à Prefeitura de Paço do Lumiar foi o Instituto Bem Brasil. Vários contratados continuaram trabalhando, mesmo após a rescisão do contrato. Além disso, foi constatado que parte dos salários pagos pelo Município estavam abaixo do valor discriminado. Outros contratados também não receberam o pagamento.

De acordo com a investigação, os terceirizados não possuíam vínculo real com o Instituto Bem Brasil e com a Liberty Serviços e Comércio. Eles estavam, de fato, ligados ao controle da secretária Núbia Dutra.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: