Denúncia: Crianças amontoadas em ônibus sem segurança, menores transportando alunos em Paulino Neves

Um vídeo que circula nas redes sociais mostram carcaças amontoadas, em pé em um ônibus que transporta alunos no município de Paulino Neves. Além de lotado, o ônibus não oferece segurança às crianças que compartilham o local onde o motorista está.

As imagens causaram revolta a população, na última sessão da Câmara de Vereadores de Paulino Neves, entre eles o vereador Ícaro Barros falou sobre o assunto. Já o vereador Bernardo falou que é necessário que as crianças cheguem as escolas pois já estão há muito tempo sem ir a escola e imputou a culpa à antiga gestão e somente cinco ônibus estão funcionando, sendo que os demais estão sucateados. O vereador se baseou em um relatório da Secretaria de Educação. Outros vereadores pediram uma explicação da secretaria de Educação.

Segundo o PNAT ( Programa Nacional de Apoio ao Transporte Escolar) o município de Paulino Neves já recebeu do governo federal 301.774,00 para o transporte escolar em 2021.


Outra acusação é denunciadas por moradores do povoado São João da Cardosa, segundo que apuramos, a situação do transporte escolar é irregular , pois um menor estaria sendo motorista de uma caminhonete à escola José Coelho Neto no  povoado citado.

Além do motorista que segundo o denunciante é menor, a monitora também seria de menor, os alunos monitorados pela suposta menor, segundo as denúncias, são do 6º ao 7º ano.

Tentamos contato com a Secretaria de Educação, porém ao entramos no site da prefeitura, não consta nenhum ícone da pasta, tão pouco quem é a secretária ou contato.

A Lei Federal nº 12.527/2011, Lei de Acesso à Informação, destina-se a regulamentar dispositivos da Constituição da República Federativa do Brasil que dispõem sobre o direito de acesso à informação e sua restrição.

Procurada, a prefeitura não se manifestou.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: