Deputados maranhenses assinam pedido de CPI do Vazamento de Óleo

O deputado João Campos (PSB-PE) conseguiu um feito na semana passada. Deputados de todos os 25 partidos que têm representação o requerimento de autoria dele para a CPI do Vazamento do Óleo. No total foram 267 assinaturas validadas pela Mesa da Câmara.

A CPI pretende investigar a origem e os impactos do óleo que há quase dois meses mancha as praias do Nordeste. Ainda nesta terça (29) com Rodrigo Maia (DEM-RJ) para discutir o futuro da comissão.

Para João Campos, este é o maior desastre ambiental da história brasileira e acredita que, por isso, o Congresso tem a responsabilidade de avaliar a origem e punir os responsáveis pelas manchas de óleo, analisar o trabalho de contenção do governo, propor ações de mitigação e sugerir medidas que evitem novos desastres desse tipo.

“Todo mundo está sensibilizado porque este é um problema muito maior que o governo”, justificou João Campos, que também tem recebido apoio dos líderes da oposição e do centrão, de ambientalistas e de artistas para abrir a CPI do Vazamento do Óleo.

A deputada federal Carla Zambelli (PSL-SP) afirmou não ter nada contra a abertura da CPI porque acredita que o trabalho de investigação da comissão não será prejudicial ao governo. “Pelo contrário, nada ali foi culpa do governo”, disse.

Dos 18 deputados maranhenses, 11 assinaram o pedido de instalação da CPI. Confira:

Aluisio Mendes – PSC

Bira do Pindaré – PSB

Cleber Verde – Republicanos

Eduardo Braide – PMN

Gastão Vieira – PROS

Gil Cutrim – PDT

Juscelino Filho – DEM

Junior Lourenço – PL

Márcio Jerry – PCdoB

Marreca Filho – Patriota

Pedro Lucas – PTB

Zé Carlos – PT

O Imparcial

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: