fbpx

Dino aponta litigância de má-fé de Bolsonaro em nova ação contra Moraes

O ex-governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB), avalia que o presidente Jair Bolsonaro pode ter cometido litigância de má-fé ao protocolar na Procuradoria-Geral da República (PGR) nova denúncia de abuso de autoridade contra o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes.

O chefe do Executivo federal recorreu ao órgão depois de ver rejeitada pelo ministro Dias Toffoli, também do STF, uma queixa-crime contra Moraes.

“Se for pelos mesmos fatos, a decisão do ministro Toffolli impede. E isso se chama litigância de má-fé”, disse.

O socialista deu a entender, ainda, que já havia tratado do tema com seus alunos do curso de Direito da Universidade Federal do Maranhão (Ufma), onde é professor.

“Meus alunos também sabiam que tal indeferimento ocorreria: falta evidente de justa causa para qualquer investigação ou ação. Ou seja, mera politicagem para tentar esconder a inflação e demais problemas nacionais, além do desejo patológico de criar confusão institucional”, completou.

Gilberto Léda

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: