fbpx

Política

Dino reage com bom humor a novo ataque de Bolsonaro sobre forma física

O governador Flávio Dino (PSB) decidiu reagir com bom humor, na noite de terça-feira, 3, a mais um ataque gordofóbico do presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Também na terça, o chefe do Executivo federal mencionou o socialista, mas sem citar seu nome, ao afirmar que “quanto mais pobre o estado, mais gordo é o governador”, numa entrevista a uma TV do Piauí.

No Twitter, Dino disse que o presidente parece estar “se oferecendo” para ser seu personal trainer”. Ele rejeitou a possibilidade e sugeriu que Bolsonaro trabalhe, por exemplo, pelas rodovias federais no Maranhão.

“Acho que ele está se oferecendo para ser meu personal trainer. Não, obrigado. Que estranha obsessão. Vai trabalhar, presidente. No Maranhão, as rodovias federais estão destruídas”, disse.

Esta é a segunda vez, só neste ano, que o presidente faz piada do tipo para atacar Dino. Em maio, ele já havia mencionado o peso do socialista maranhense durante sua passagem por Açailândia.

“Lá na Coreia do Sul [do Norte, na verdade] tem uma ditadura, o ditador não é um gordinho? Na Venezuela, também uma ditadura, não é um gordinho lá o ditador? E quem é o gordinho ditador aqui do Maranhão?”, questionou

Advertisements

Deixe uma resposta