fbpx

Política

Dino reúne aliados e prega candidatura única ao governo

O governador do Maranhão, Flávio Dino (PSB) reuniu-se na noite de segunda-feira, 5, com presidentes de partidos aliados e membros lideranças políticas da sua base de apoio, no Palácio dos Leões, para dar início ao processo de definição sobre sua sucessão no Governo do Estado.

O socialista reafirmou que será candidato a senador e firmou um pacto com seus correligionários: o grupo decidirá unido por uma única candidata a governador.

Uma carta pública nestes termos deve ser lançada nos próximos dias. Mas o resultado do processo de escolha será revelado apenas em novembro.

Até agora, seguem tentando se viabilizar o vice-governador, Carlos Brandão (PSDB), e o senador Weverton Rocha (PDT) – com preferência do chefe do Executivo pelo primeiro. O deputado Simplício Araújo (SDD), atual secretário de Indústria e Comércio, também tem ensaiado um projeto, assim como o deputado federal Josimar de Maranhãozinho (PL).

Dino tenta evitar em 2022 a repetição do lançamento de “consórcio de candidatos”, como o que ocorreu em 2020, quando Eduardo Braide (Podemos) derrotou quase uma dezena de dinistas para eleger-se prefeito de São Luís.

Weverton Rocha defende que o critério de escolha sejam pesquisas. Dino, por outro lado, está mais propenso a tomar a decisão apenas ouvindo os aliados, independentemente de números.

Advertisements

Deixe uma resposta