Em Estreito, decreto fecha comércio não essencial de Estreito por 10 dias

Decreto municipal assinado pelo prefeito Cícero Neco, nessa segunda-feira (11), suspendeu o funcionamento do comércio não essencial na cidade de Estreito por 10 dias. Medida vida conter o avanço do novo coronavírus que tem se alastrado por vários bairros da cidade.

Em boletim epidemiológico divulgado na noite dessa segunda-feira (11), eram 30 casos confirmados da doença, 55 suspeitos e um óbito. Devido a esse número, a prefeitura resolveu endurecer medidas de distanciamento social da cidade.

Além do comércio não essencial, está proibida também a venda de bebidas alcoólicas em todos os estabelecimentos comerciais do gênero, proibido a circulação de vans, táxi e mototáxi de outros municípios.

Pelo decreto, fica proibido, ainda, o funcionamento de restaurantes e lanchonetes, que podem funcionar apenas para atendimento Delivery, e ambulantes só da venda de produtos da agricultura familiar estão autorizados a funcionar.

As novas medidas começam a vigorar a partir desta quarta-feira (13), e o descumprimento delas, acarretam em multas, de acordo com o prefeito Cícero Neco. “Nosso objetivo é conter o avanço do novo coronavírus na cidade, por isso, adotamos medidas mais duras”.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: