fbpx

Em jogão, Manchester City larga na frente do Dortmund na Champions

O Manchester City conquistou uma bela e tardia vitória em cima do Borussia Dortmund na tarde desta terça-feira (6), no Etihad Stadium, pelo jogo de ida das quartas de final da Champions League.

Com gols de De Bruyne e Foden (já no fim), o time de Guardiola, que até bateu recorde durante a partida, venceu por 2 a 1 e abriu vantagem por uma vaga na semifinal.

Reus, aproveitando passe de Haaland, fez o dos visitantes, que ainda acredita na classificação.

A opção do técnico do Borussia, Edin Terzic, pelo jovem Ansgar Knauff gerou muitos comentários nas redes por se tratar de um jogador um tanto desconhecido. Ele só tinha 44 minutos jogados na temporada (sete pela Liga dos Campeões) e, mesmo assim, o técnico optou pelo garoto de 19 anos.

Vale lembrar que Hazard, Brandt e Reyna, que são da mesma posição, estavam à disposição.

De Bruyne marca

Decisivo nas oitavas de final, De Bruyne manteve o alto nível contra o Dortmund. Foi dele o gol que abriu o marcador no Etihad, aproveitando bobeira de Emre Can e bela assistência de Mahrez.

Foi a quarta participação em gol do belga nos últimos quatro jogos contra o Borussia. Os outros três foram pelo Wolfsburg.

Polêmicas de arbitragem

Minutos depois, com o City ainda em cima, Can acabou errando de novo e cometeu pênalti em Rodri. O árbitro, porém, foi acionado pelo VAR e voltou atrás.

Ainda no primeiro tempo, Bellingham roubou a bola do goleiro Ederson e fez o gol, mas, antes da finalização, o árbitro apitou falta do britânico, o que gerou muita reclamação dos alemães.

Imagem do artigo: https://image-service.onefootball.com/resize?fit=max&h=732&image=https%3A%2F%2Fwp-images.onefootball.com%2Fwp-content%2Fuploads%2Fsites%2F13%2F2021%2F04%2Fimago1001988213h-2048x1388.jpg&q=25&w=1080

Haaland decide mesmo sem marcar

O Dortmund teve uma chance de ouro nos pés de Haaland, mas o norueguês foi parado por uma ótima defesa de Ederson. Foi a melhor oportunidade do Borussia até os 38 do segundo tempo.

Foi neste minuto que Haaland deixou Reus na cara do gol para deixar tudo igual.

City bate recorde, mas…

Ao sair na frente, o time de Guardiola chegou a uma marca impressionante: 18 gols feitos seguidos na Champions sem sofrer nenhum; a maior sequência da história da competição.

O gol de Marco Reus, no entanto, encerrou esta incrível sequência.

Foden dá vitória ao City

Quando o jogo se encaminhava para o fim, o Manchester City conseguiu o gol da vitória. Gündogan recebeu lançamento maravilhoso e só rolou para Phil Foden, que, de primeira, deu números finais à partida.

Ficou para a volta

Com o 2 a 1 no jogo de ida, o Borussia Dortmund joga por uma vitória por 1 a 0 para avançar de fase. O jogo será na próxima quarta-feira (14), no Signal Iduna Park, em Dortmund, na Alemanha. O empate classifica o Manchester City.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: