fbpx

Homicídio

Empresário dos EUA é assassinado dentro do próprio apartamento no Rio de Janeiro

Brent G. Sikkema, de 75 anos, sócio-proprietário de uma prestigiada galeria de arte em Nova York, foi encontrado morto na casa em que morava no Jardim Botânico, Zona Sul do Rio, na noite desta segunda-feira (15). O norte-americano, co-proprietário da Sikkema Jenkins & Co, foi vítima de homicídio em sua residência, apresentando perfurações causadas por arma branca, como tesouras, estiletes e chaves de fenda.

O Corpo de Bombeiros confirmou ter respondido a um chamado, chegando ao local por volta das 23h05, onde encontrou o corpo na Rua Abreu Fialho, próximo ao número 15. A vítima ainda não havia sido identificada, sendo apenas descrita como um “homem de aproximadamente 65 anos, vítima de golpes de arma branca”. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), no Centro do Rio, para a realização de perícia.

Brent residia em um sobrado na Chácara do Algodão, no Horto, área que também abriga ateliês de artistas notáveis como Beatriz Milhazes e Angelo Venosa.

Sikkema criou a galeria  em 1991, inicialmente denominada Wooster Gardens em homenagem à sua localização original na Wooster Street, conforme detalhado pelo portal especializado Artnet. A galeria é conhecida por apresentar renomados artistas como Kara Walker e Sheila Hicks, além de apoiar fotógrafos emergentes, como Nikki S. Lee e Deana Lawson, conforme mencionado na publicação.

A instituição exibe obras em diversas formas artísticas, abrangendo pintura, desenho, instalação, fotografia e escultura. Seu programa inclui tanto artistas estabelecidos, como Jeffrey Gibson, Arturo Herrera e Vik Muniz, quanto talentos emergentes. A galeria também colabora ativamente em exposições e projetos com outros artistas.

Brent Sikkema deu início à sua carreira em galerias em 1971 como diretor de exposições no Visual Studies Workshop em Rochester, Nova York. Em 1976, abriu sua primeira galeria em Boston, Massachusetts.

O parceiro de Sikkema na galeria, Michael Jenkins, esteve envolvido em vários projetos desde a inauguração em 1991. Ingressou na galeria como diretor em janeiro de 1996, tornando-se sócio em 2003. ( o meio norte )

 

 

 

 

 

 

Advertisements

Deixe uma resposta