ENTREVISTA: Professor Louzeiro fala sobre política, educação, saúde, turismo e economia do município de Barreirinhas

Especializado no ramo da psicologia e magistério, Louzeiro é um dos nomes mais influente na sociedade barreirinhense.

Louzeiro é conhecedor das práticas de políticas públicas na cidade, onde já foi candidato a vereador, além de prestar apoio a inúmeros políticos no âmbito municipal e estadual.

Além das profissões de professor, psicólogo e partidarista político, Louzeiro é um simples cidadão de Barreirinhas, pai de família, defensor dos direitos humanos e dispõe muito bem de sua cidadania como exímio colaborador e diretor psicológico do Instituto Bom Pastor.

Atuante há mais de 31 anos como docente, Louzeiro detém plenamente os saberes triviais que permeiam uma sociedade.

Contudo, com o propósito de entender e compreender um pouco da visão política de Louzeiro, o Portal Imaranhão, nesta semana, realizou uma entrevista com o professor, que respondeu perguntas pertinentes às questões políticas do município e comentou sobre as futuras eleições municipais do ano vindouro.

Entre as principais questões abordadas na entrevista, Louzeiro ressaltou a questão da infraestrutura do município, onde abrangeu a notória necessidade que se tem de imprescindíveis serviços de estruturação, como, por exemplo, o bom zelo dos ambientes públicos, que compõem o patrimônio cultural da cidade, como as praças, os pontos públicos, as áreas de lazer, entre outros; e também citou as necessidades que a população enfrenta devido à falta de investimento nas políticas públicas local.

O professor também mencionou a pouca valorização das ruas da cidade, uma vez que a população sofre com buracos e poças existentes devido à ausência de serviços e reparos.

Louzeiro enfatizou também acerca da falta de trabalho remunerado e de carteira assinada e da má circulação de renda, por parte da população do município, uma vez contrariando o “status” que a cidade tem como um dos municípios mais desenvolvidos da Região dos Lençóis.

Sobre a educação, o professor abordou o fato de Barreirinhas não ter nenhuma creche ou escola pública de período integral e falou sobre a importância de investimento de recursos para a educação de base infantil.

Como solução ao desenvolvimento local, Louzeiro destacou também a importância da valorização da agricultura familiar e a integração desta cultura como uma atividade forte no município.

Louzeiro citou problemas pequenos e simples que permeiam a sociedade barreirinhense, como o fato de muitos moradores nativos nunca terem ido aos Lençóis Maranhense ou praias do município, por falta de condições e incentivou o desenvolvimento e o direcionamento de recursos para ações como esta, que por sua vez, se torna necessária, segundo seu o ponto de vista, para alavancar o desenvolvimento humano e cultural da sociedade local.

Em relação à saúde, o professor mencionou a precariedade dos serviços desta área no município, onde apenas uma parcela da população usufrui dos poucos serviços disponibilizado, enquanto outros ficam a mercê da boa vontade de terceiros, como é o caso de muitas comunidades pobres que se situam distantes dos bairros e centro.

Veja a Matéria:

 

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: