fbpx

Equipe de reportagem do Portal Imaranhão é barrada por secretário em evento da cultura em Barreirinhas

Na noite dessa sexta-feira (26), a equipe de reportagem do Portal Imaranhão foi barrada e impedida e exercer seu trabalho.

Tudo aconteceu, quando a equipe foi até o local onde iria acontecer a “Live Canta Barreirinhas”, em homenagem aos 83 anos de emancipação da cidade.

A justificativa do atual secretário de Cultura do município é, que, nas dependências do local, Docas Bar, conhecida casa de evento da cidade, só podia ficar 20 pessoas, e se a equipe quisesse ficar tinha que ser em sistema de rodízio.

Vale ressaltar que ele ainda comentou  que o nome da equipe não estava na lista, a equipe informou da legalidade de exercer o trabalho, porém um dos componentes da equipe de organização disse que não era para capturar imagens dos bastidores, pois ali, se encontravam personalidades, entre eles, o atual prefeito. O mesmo ainda disse que se isso acontecesse, algo nos aconteceria. Configurando ameaça.

O repórter relatou à nossa redação que um guarda municipal, disse a ele, que se o mesmo não obedece ele seria obrigado retira-lo do local.

“Ao chegarmos, como sempre com muito respeito e responsabilidade, fomos informador por rapaz que, que acho que estava na organização que não podíamos fazer nosso trabalho, pois, nas dependências do ambiente só poderia ficar 20 pessoas, sendo que ali estavam muito mais que isso. Ainda relutou que se capturássemos alguma imagem dos bastidores iriamos ter consequências graves. Argumentamos junto ao secretário e ele nos informou que só poderíamos ficar se fosse em sistema de rodízio( gravar alternado). Não nos sujeitamos a essa brutal afronta e cerceamento do direito de expressão e imprensa, por isso não entendo o porque disso.” disse Orlando.

É importante ressaltar que o a liberdade de imprensa é assegura na constituição no 220 que diz, que, a manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição .§ 1º Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV. § 2º É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

Orlando Moraes, além de um dos principais fomentadores da cultura local, também é conselheiro da cultura no munícipio.

Em nota, o grupo Imaranhão repudiou a conduta dos organizadores da live.

Veja a nota

O Grupo Imaranhão vem a publico repudiar com total veemência o fato ocorrido com o repórter Orlando Moraes na noite dessa sexta-feira (26). Ocorre que a equipe ao chegar no local onde acontecia a “Live Canta Barreirinhas” em comemoração aos 83 anos da cidade, nossa equipe foi impedida de exercer seu trabalho de cobrir o evento.

A alegação do secretário de Cultura foi que no espaço só podia ficar vinte pessoas, sendo que, quem já estava no local daria um montante, a mais do que ele argumentava. Ainda disse que a presença da equipe só podia permanecer no local se fosse em sistema de rodizio e que o nome da equipe não estava na lista.

No auge dos argumentos, um membro da equipe da secretaria, disse a nossa equipe que não poderíamos capturar imagens dos bastidores, pois se encontravam personalidades, entre eles, o atual prefeito. O mesmo ainda disse que se fizéssemos isso, algo nos aconteceria. configurando ameaça.

A Liberdade de imprensa é assegura na constituição no 220 que diz, que, a manifestação do pensamento, a criação, a expressão e a informação, sob qualquer forma, processo ou veículo não sofrerão qualquer restrição, observado o disposto nesta Constituição .§ 1º Nenhuma lei conterá dispositivo que possa constituir embaraço à plena liberdade de informação jornalística em qualquer veículo de comunicação social, observado o disposto no art. 5º, IV, V, X, XIII e XIV. § 2º É vedada toda e qualquer censura de natureza política, ideológica e artística.

Vale ressaltar que Orlando Moraes, além de um dos principais fomentadores da cultura local, também é conselheiro da cultura no munícipio.

O Grupo Imaranhão irá tomar todas as medidas legais e acionar as entidades que resguardam o direito à informação e a liberdade de expressão.

Atenciosamente

Grupo Imaranhão


Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com

Siga, também o Imaranhao no Twitter, Instagram

Curta nossa página no Facebook

Inscreva-se no nosso canal no Youtube


1 thought on “Equipe de reportagem do Portal Imaranhão é barrada por secretário em evento da cultura em Barreirinhas

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: