Equipes de mergulho darão início aos trabalhos de inspeção em navio encalhado no Maranhão

A Marinha do Brasil realizou uma reunião com representantes da Vale S.A, Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Polícia Federal, Ardent Global, Gerência Ambiental do Porto do Itaqui e Agentes Marítimos, neste domingo (1º), na Capitania dos Portos do Maranhão (CP-MA), para discutir sobre a situação do navio Stellar Banner, que está carregado de minério de ferro e encalhado a cerca de 100 km da costa do Maranhão.

Segundo a Marinha, a situação permanece estável. O monitoramento feito por embarcações e sobrevoo de aeronave, realizados neste domingo (1º), confirmam a ausência de vazamentos de óleo ou minério. Preventivamente, as barreiras de contenção continuam dispostas sobre o mar.

A Marinha informou, também, que o Navio Hidroceanográfico “Garnier Sampaio” chegou à área de ação para reforçar o apoio às ações desenvolvidas, juntamente com os demais meios empregados.

Em comunicado oficial, a Marinha disse que equipes de mergulho darão início aos trabalhos de inspeção da embarcação para que sejam identificados os danos no casco e compartimentos alagados.

Equipes estão realizando a selagem (vedação) de um grupo de suspiros dos tanques de combustível, bem como o reforço nas travas de fechamento dos porões de carga do NM Stellar Banner.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: