EUA ultrapassam 1 milhão de casos de coronavírus, aponta universidade

Mulher com máscara caminha no aeroporto John F. Kennedy International Airport, em Nova York 09/03/2020 REUTERS/Eduardo Munoz

O número de contágios confirmados por coronavírus nos Estados Unidos ultrapassou 1 milhão nesta terça-feira, 28, de acordo com o balanço da Universidade Johns Hopkins.

A pandemia matou mais de 57 mil pessoas nos Estados Unidos, que lideram o número total de infectados no mundo, com 1.002.498, segundo a universidade.

Estima-se que o número real de casos seja ainda maior, com as autoridades estaduais de saúde pública alertando que a escassez de profissionais treinados e de equipamentos tem limitado a capacidadede de teste.

Cerca de 30% dos casos ocorreram no Estado de Nova York, o epicentro do surto nos EUA, seguido por New Jersey, Massachusetts, Califórnia e Pensilvânia.

Globalmente, os casos confirmados já superam os 3 milhões desde o início do surto na China, no fim do ano passado.

Os Estados Unidos, com a terceira maior população do mundo, têm cinco vezes mais casos que ItáliaEspanha e França, países europeus com os maiores registros da doença.

Dos 20 principais países mais afetados, os EUA ocupam o quinto lugar com base em casos per capita, segundo um relatório da agência Reuters.

Os Estados Unidos têm cerca de 30 casos a cada 10 mil pessoas. A Espanha ocupa o primeiro lugar, com mais de 48 casos por 10 mil pessoas, seguida pela Bélgica, Suíça e Itália.

por AFP e Reuters

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: