fbpx

Geral

Ex-advogado de Trump é condenado a pagar US$ 148 milhões

O ex-advogado de Donald Trump, Rudolph Giuliani, foi condenado a pagar mais de US$ 148 milhões em indenização a duas ex-funcionárias eleitorais dos Estados Unidos. O valor equivale a cerca de R$ 730 milhões.

A decisão é do júri do Tribunal Federal de Washington. Giuliani as difamou com falsas acusações de que teriam ajudado a fraudar as eleições de 2020 contra Donald Trump no estado da Geórgia. Elas serão compensadas pelos danos emocionais e de reputação que sofreram. Além de um valor extra como punição pela conduta.

Nos depoimentos, as vítimas relataram diversas mensagens racistas e sexistas, incluindo ameaças de linchamento, que receberam depois que Trump e aliados espalharam falsas alegações de que elas estariam envolvidas em fraude eleitoral. Giuliani ajudou o ex-presidente a avançar com as falsas alegações de que a eleição de 2020 teria sido roubada.

Advertisements

Deixe uma resposta