Família de infectada por Covid-19 no MA divulga nota contra exposição

A família da servidora pública confirmada como segundo caso de infecção por novo coronavírus (Covid-19) no Maranhão decidiu emitir uma nota após a divulgação de fotos e conversas dela nas redes sociais.

Desde que foi identificada, Raissa Azulay tem sido, segundo familiares, alvo de ataques e fake news, como se fosse culpada por haver contraído a doença.

Veja abaixo os principais trechos do comunicado.

– Primeiramente, a Raissa não é culpada de ter sido contaminada pelo COVID19, assim como também não são as milhares de pessoas que foram acometidas em outros lugares do mundo. O vírus é invisível e não escolhe a sua vítima!

– Não, ela não foi irresponsável quando saiu com seus amigos para se divertir, trabalhar, ou fazer atividades da vida normal, pois não apresentava sintomas e as recomendações para que se ficasse em casa só vieram posteriormente.

– Sim, ela teve contato com um amigo da sua familia que chegou de férias da Europa. (Não é estrangeiro como foi divulgado erroneamente. É brasileiro).

– Este nosso amigo não apresenta sintomas e nem se pode afirmar que foi ele quem transmitiu para ela, pois o mesmo ainda não recebeu o resultado do seu teste. Ela teve contato com diversas outras pessoas assim como todos.

– Nos poucos locais em que circulou, que não foi uma série de casas de shows como divulgado, Raissa ainda não apresentava sintomas e muito menos sabia que estava contaminada, como foi, cruelmente, cogitado por alguns.

– Ela está em quadro estável. Provavelmente do meio pro fim do ciclo da virose. Espera-se uma melhora gradativa, sem complicações.

– Até o momento não temos resultados de outros testes positivos na nossa família.

Gilberto Leda

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: