fbpx

Humberto de Campos

Familiares e amigos de jovem morto por atropelamento proposital fazem manifestação por justiça em Humberto de Campos

Familiares e amigos do jovem Gleidson Daniel, de 25 anos, morto por atropelamento proposital, em Humberto de Campos, a 181 km de São Luís, fazem manifestação nesta quarta-feira (18), por volta das 15h, para exigir justiça, pois o assassino continua em liberdade.

Pelas informações passadas ao blog, o jovem foi atropelado e morto no dia 12 de setembro deste ano, no povoado Bom Jesus. Daniel estava em uma motocicleta e parou para encher um dos pneus, em frente a uma escola.

De repente, o assassino, identificado como Osmarino Santos, que estava conduzindo um veículo Toyota, atropelou e passou por cima do jovem. Com o impacto, Daniel foi jogado contra o muro.

O caso aconteceu por volta das 5h da manhã, sendo que houve demora no socorro porque a ambulância do hospital não foi ao local. Por volta das 6h30, ao tomar conhecimento do atropelamento, a mãe do jovem conseguiu uma caminhonete para ir ao local e levá-lo ao hospital, mas ele morreu antes de receber atendimento.

Osmarino continua em liberdade

O atropelamento teria sido proposital e por vingança. Em 2022, um primo de Daniel matou uma pessoa da família de Osmarino, no povoado Bom Jesus. Revoltados, eles queriam matar qualquer um da família do primo, segundo a esposa.

“Eles queriam vingança. Queriam pegar qualquer um da família. Como Daniel era primo, ele resolveu matá-lo. O assassino jogou Daniel contra o muro e ainda passou por cima. Ele não teve nem como se defender. Foi um crime brutal e não pode ficar na impunidade”, disse a esposa de Daniel.

A passeata/protesto vai sair da casa da mãe de Gleidson Daniel, no bairro Bacabeira, e irá passar pela Delegacia, Promotoria, Prefeitura e Fórum da cidade. “Nós vamos lutar por justiça. O assassino não pode continuar em liberdade”, acrescenta a esposa de Daniel.

O crime é investigado pela Delegacia de Humberto de Campos, mas, até o momento, o assassino permanece em liberdade. Ele deverá responder por homicídio doloso.

 

Gilberto Lima

Advertisements

Deixe uma resposta