fbpx

Entretenimento Geral

Fazer sexo com homens de calcinha dá tesão em mulheres, revela estudo

Uma pesquisa realizada pela plataforma de sexo e swing Sexlog revelou que 30% das mulheres sentem atração por homens usando calcinhas. O site fez uma enquete entre os usuários e descobriu que, entre os perfis femininos, 15% realizam a prática regularmente.

De acordo com o levantamento, 30% das mulheres têm o desejo de fazer sexo com homens usando lingeries femininas, embora ainda não conseguiram realizá-lo. Em contrapartida, 1% já tentou, mas não gostou, e outras 55% das entrevistadas nunca pensaram sobre o assunto ou não sentiram vontade.

Já em relação aos homens, 17% disseram já ter experimentado e gostado de usar lingerie feminina para transar, enquanto 10% têm vontade, mas não encontraram oportunidade. A minoria, 1%, usou, mas não gostou e a maioria, 71%, nunca experimentou nem tem curiosidade.

Jhony*, de 64 anos, descobriu o tesão pelas calcinhas aos 18 anos. Segundo ele, a vontade por sentir e descobrir coisas novas o acompanha desde cedo. “Comecei com a minha primeira esposa, ela achou estranho e depois adorou, chegava até a comprar pra mim. Ficamos casados por 36 anos, até ela falecer. Mas, casei de novo e minha atual esposa também curte”, contou ao Sexlog.

Foto colorida de várias calcinhas na cama - Metrópoles
Homens gostam de usar calcinha durante o sexo

Assim como Jhony*, Fernando*, de 56 anos, descobriu cedo que usar peças íntimas femininas podia ser prazeroso. “Ela ficou surpresa, mas logo na primeira vez já rolou super bem, ela gostou. Ela sente tesão no visual. Temos um relacionamento muito bom e respeitoso. Ela é hétero e eu sou bissexual, nos damos muito bem assim”.

O lado das mulheres

Sheila*, de 49 anos, tinha 37 anos quando seu ex-marido, à epoca com 33, contou que tinha vontade de usar calcinha durante o sexo. Na ocasião, ela não se sentiu confortável, chegou a rir da situação, mas decidiu ouvir o que o parceiro tinha para falar. Depois de uma conversa franca, ela topou a experiência e gostou.

Apesar de parecer um fetiche raro, Sheila não está sozinha. Para Alice*, de 35 anos, ver o marido de calcinha foi um divisor de águas. “Parece um pouco estranho de início, a gente cresce com essa coisa estabelecida que calcinha é coisa de mulher e ponto. Mas por que não? Eu gostei. Fiquei e fico com tesão”.

Fetiches
O mundo dos fetiches pode incluir muitas vertentes curiosas do sexo

Tanga, calçola….

Para completar a pesquisa, o site ainda descobriu que não pode ser qualquer calcinha na hora do sexo. Isso porque nenhum dos entrevistados pensou em calcinha bege. A Samira*, por exemplo, prefere lingerie de renda. “Gosto de detalhes, fitas, brilhos, coisas que provoquem. Não ligo muito para a cor”, contou.

A Alice*, por sua vez, é do time que dá preferência para cores mais fortes. “Eu acho que preto e vermelho são sempre as cores mais provocantes. Isso funciona para tudo, se funciona para nós, funciona para eles também”. Já para quem usa, outros fatores além da estética são essenciais.

Jhony* conta que gosta sempre de prestar atenção na qualidade do tecido e opta por aqueles mais macios. “Os meus modelos preferidos são asa-delta, fio dental e com cores vivas”, finalizou. (Metrópoles)

Advertisements

Deixe uma resposta