Feminicídio em Trizidela Vale aumenta para 25 casos este ano no Maranhao


Mais um crime de feminicídio no Maranhão, o 25º deste ano e o segundo deste mês, segundo dados do Departamento de Feminicídio, órgão da Superintendência Estadual de Homicídio e Proteção a Pessoas (SHPP). O último caso ocorreu na madrugada desta terça-feira, 16, na cidade de Trizidela do Vale. Segundo a polícia, Jaqueline Rodrigues da Silva foi assassinada a golpes de faca por seu ex-namorado, Ivan da Silva Sousa, o Vandinho de Mossoró, que acabou agredido a pauladas por populares.

A delegada Silvana Prazeres, da Delegacia da Mulher de Pedreiras, informou que a vítima teria ido a um bar em companhia de amigos para comprar cigarro quando foi golpeada nas costas e no abdômen por Ivan da Silva. Ela ainda foi socorrida e levada primeiramente para o hospital da cidade, mas devida a gravidade dos ferimentos, foi transferida para o Hospital Municipal de Peritoró onde morreu.

O acusado não conseguiu fugir, já que foi detido e agredido fisicamente por moradores. A delegada explicou que Ivan da Silva levou várias pauladas, inclusive na cabeça. Ele foi socorrido e levado para o Hospital Municipal de Pedreiras, mas seria transferido ainda ontem para o Hospital Macrorregional de Presidente Dutra. “O acusado após receber alta médica, vai ser apresentado na delegacia de Pedreiras, onde será ouvido e autuado em flagrante pelo crime de feminicídio”, disse a delegada.

“O acusado após receber alta médica vai ser ouvido e autuado em flagrante na delegacia de Pedreiras, pelo crime de feminicídio”.Silvana Prazeres, delegada da Mulher de Pedreiras

Outra versão

Há informações de que Ivan da Silva teria se descontrolado ao ver a ex-namorada na companhia de outro homem, nome não revelado, em uma motocicleta. Ele teria saído em perseguição ao casal e chegou a derrubá-lo do veículo.

O homem que estava com Jacqueline Rodrigues, correu ao vê o acusado portando uma faca. A vítima ainda tentou se defender, arremessando o capacete em direção ao ex-namorado, mas acabou golpeada. As pessoas que presenciaram o ato bárbaro agrediram fisicamente o agressor, que escapou de ser linchado.

A polícia esteve no local e controlou os ânimos dos moradores. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) foi acionado e prestou socorro aos dois. Jacqueline foi levada para o hospital da cidade e o criminoso para o hospital de Pedreiras.

Prisão

Na última quinta-feira foi preso Edmilson dos Santos, de 35 anos, no povoado Recanto, zona rural de Anapurus. Ele matou a sua ex-companheira, Raimunda Ferreira Barbosa, de 34 anos, que estava gestante de três meses. O crime ocorreu na madrugada do dia 7.

Como o acusado fugiu, a polícia solicitou ao Poder Judiciário a sua prisão, que foi cumprida no dia 10. Ele foi apresentado na delegacia regional de Chapadinha onde prestou depoimento e em seguida foi levado para a unidade prisional de Chapadinha.

O crime ocorreu durante uma discussão em uma festa na zona rural de Anapurus. Durante a discussão, Edmilson dos Santos aplicou vários golpes de faca que atingiram o pescoço, tórax, braços, costas e nuca da vítima. Ela ainda foi socorrida pelo Samu e levada para o hospital da cidade, mas morreu antes de ser submetida a tratamento cirúrgico.

Número

25

crimes de feminicídio já ocorreram durante este ano no Maranhão, dois deles somente este mês, a maioria no interior, segundo dados divulgados pelo Departamento de Feminicídio, da SHPP

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: