fbpx

Festas clandestinas e aglomerações marcam o sábado de carnaval em Barreirinhas

Como já tínhamos noticiado na matéria anterior onde a população denunciava possíveis festas privadas e clandestinas na cidade de Barreirinhas e assim aconteceu.

Imagens adquiridas com exclusividades pela nossa reportagem mostram baladas e outros locais, com músicas e aglomerações.

Nossa equipe foi até a principal orla da cidade e constatou de perto a quantidade alarmante de pessoas em bares, quiosques e restaurantes.

Casas de shows populares como Docas Bar, O camurim e outros não funcionaram, porém o que se viu foi o contraditório, em espaços privados as festas acontecendo sem nenhuma fiscalização. Como é previsto em decreto publicado no último dia 11, onde a  justificativa para o bloqueio de atividades artísticas em bares, restaurantes e casa de eventos, foi que a música pode resultar em um grande número de aglomerações na cidade, principalmente durante o período carnavalesco e tem como objetivo reduzir os impactos da pandemia do coronavírus.

 

Profissionais do setor do entretenimento estão revoltados com o tratamento que estão recebendo por parte do Ministério Público e da Polícia Militar e Civil do Maranhão, alegam estarem sendo humilhados e tratados como bandidos pelo fato de estarem abrindo seus estabelecimentos, sendo essa única fonte de renda deles.

O ramo do entretenimento traz milhões para o Maranhão e se paga altíssimos impostos.

Os produtores e comerciantes do ramo do entretenimento lamentam esse casos na cidade que é uma das mais importantes para o Brasil.

“Eu comprei minhas mercadorias, fiz um planejamento e agora vem esse decreto e muito seletivo né? Onde grandes lugares e ricos podem fazer o que querem e nós que somos responsáveis pela economia local não podemos. Uma tristeza para não dizer sacanagem”. Afirmou um dono de conveniência.

 

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com

 Siga, também o Imaranhao no Twitter, Instagram

Curta nossa página no Facebook

Inscreva-se no nosso canal no Youtube

 

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: