Flávio Dino diz que mais de 200 pessoas assintomáticas podem estar com a Covid-19 em todo o Maranhão

O governador Flávio Dino falou sobre a pandemia do novo coronavírus no Maranhão durante coletiva na manhã desta segunda-feira (30).

São 22 casos de Covid-19 confirmados no Estado mais uma morte. Diante da situação, o governador manteve as medidas tomadas no Maranhão para combater a propagação do coronavírus. Flávio Dino também fez um apelo pelo combate às fake news.

Durante a coletiva, o governador ainda informou como está a transmissão do vírus no Maranhão. Segundo Dino, o Estado já conta com transmissão comunitária da Covid-19, ou seja, é quando a transmissão do vírus é feita ao mesmo tempo por várias fontes não identificadas e que não estiveram no exterior. “Muito provavelmente, mais de 200 pessoas estão com o vírus em todo o Maranhão e são assintomáticas”, disse.

​Entre os casos confirmados, três pacientes estão sendo tratados em hospital da capital e os demais estão em tratamento domiciliar, sendo monitorados pela Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Estamos mantendo, na data de hoje, todas as medidas preventivas já decretadas, sobretudo aquelas referentes ao comércio, referentes às escolas”. O governo estadual já tinha determinado a suspensão de aglomerações e das aulas, o isolamento domiciliar compulsório de todas as pessoas com sintomas de gripe, por 14 dias, e o decreto de calamidade pública. O comércio também fechou as portas, mas estão mantidos serviços essenciais, como os de alimentos (supermercados), farmácias e postos de combustíveis.

Uma nova coletiva será realizada na tarde desta segunda-feira (30). Na ocasião, o secretário Carlos Lula apresentará o fluxo de atendimento aos usuários das Unidades de Pronto Atendimento e Hospitais da capital maranhense.

O secretário Municipal de Saúde de São Luís, Lula Fylho, e representantes do Hospital Universitário da UFMA também participarão da coletiva para falarem de como vai ser os atendimentos da UPAs e do H.U, diante da atual realidade da pandemia no Maranhão.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: