Flávio Dino nomeia só 40 e ainda faz propaganda, após prometer mais 1.000 policiais militares

O governador Flávio Dino (PCdoB) usou suas redes sociais pessoais nessa segunda-feira (21) para anunciar a nomeação de 40 novos policiais militares. Mesmo quebrando a promessa que fez na campanha eleitoral de 2018 de efetivar mais 1.000 soldados para a tropa da PM, o comunista propagandeia o feito irrisório, que nem de longe atende as expectativas da população e das centenas de homens e mulheres que aguardam há dois anos que ele cumpra sua palavra.

Flávio Dino anunciou, ainda, o reforço do quadro da Polícia Civil, com12 delegados, 20 escrivães, 60 investigadores, nove peritos e um odontologista.

E, tentando justificar o incremento insuficiente do efetivo da segurança pública, evocou a Lei de Responsabilidade Fiscal e uma lei complementar, também federal, que impõem aos governantes limites de gastos com pessoal.

Pura contradição, para dizer o mínimo, pois é impensável que do alto do seu vasto conhecimento jurídico, acumulado em decadas de exercício na advocacia, na magistratura e no ensino superior, o governador não soubesse de tais empecilhos.

 

Daniel Matos

 

Acompanhe essas e outras notícias em Imaranhao.com. Siga, também o Imaranhao no TwitterInstagram e curta nossa página no Facebookse inscreva no nosso canal no Youtube. Entre em contato com nossa redação pelo WhatsApp ou ligue (98) 99192-0896

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: