Governo argentino reforça que Macri vai concorrer à reeleição

O governo da Argentina ratificou nesta segunda-feira, 1º, que o presidente do país, Mauricio Macri, concorrerá à reeleição neste ano.

“O candidato à presidência pela (coalizão) Mudemos é o presidente Mauricio Macri, que vai tentar a reeleição”, disse, em entrevista coletiva, o ministro de Interior, Obras Públicas e Habitação, Rogelio Frigerio.
Ao lado do ministro do Transporte, Guillermo Dietrich, Frigerio mostrou cautela ao analisar o cenário eleitoral. Ambos participaram de uma reunião de gabinete na sede do governo.

“Ainda falta tempo. Até o fim de junho, temos um intenso calendário de primárias e eleições gerais nas províncias, onde o que estamos vendo são discussões em nível local”, disse Frigerio ao ser perguntado sobre os diversos pleitos que já começaram a ser realizados em províncias e municípios.

O ministro do Interior lembrou que 22 de junho é o prazo para a apresentação das listas das candidaturas nacionais.

A Argentina realizará eleições primárias em 11 de agosto, quando serão definidos os candidatos que participarão das eleições gerais de 27 de outubro. No pleito de outubro, além de escolher presidente e vice-presidente, os argentinos terão que votar para a renovação parcial do congresso. Um possível segundo turno para a disputa presidencial aconteceria em 24 de novembro.

Macri, líder da coalizão Mudemos, chegou à Casa Rosada em dezembro de 2015, depois de vencer o peronista Daniel Scioli.

*Com EFE

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: