fbpx

Governo Dino vai desativar hospital de campanha de São Luís

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) do Maranhão anunciou nesta semana que vai desativar o hospital de campanha para pacientes com Covid-19 instalado no Espaço Renascença, em São Luís.

A informação consta de ofício encaminhado na segunda-feira, 19, pela coordenadora do Departamento de Alta Complexidade da SES, Hivena Lima, ao presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Marcos Grande.

Segundo ela, a medida está em linha com a “diminuição vertiginosa dos casos de internação por Covid-19” na unidade.

“Possuímos, dentro da grande ilha unidades e saúde suficientes para atender a população maranhense que venha à procura de atendimento”, destacou.

O prazo máximo para desmobilização da estrutura é 31 de julho.

O hospital de campanha foi aberto pelo governador Flávio Dino (PSB) no dia 31 de março, e oferecia 60 leitos exclusivos para pacientes com novo coronavírus, sendo 10 de UTI.

Nesta quinta-feira, 22, o jornal O Estado já havia apontado o fechamento de 180 leitos de Covid-19 em todo o estado desde o início do mês.

Léda

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: