Governo Federal divulga prazo para privatizações em aeroportos do MA

O Governo Federal divulgou o prazo para a privatização dos aeroportos do Maranhão. A previsão de concessão será de 30 anos e estão previstos quase 2 bilhões de reais em investimentos.

A previsão é que o leilão dos aeroportos de São Luís e Imperatriz ocorra até o final do ano que vem. Além dos dois terminais maranhenses, serão encaminhados a iniciativa privada, os aeroportos de Goiânia, de Teresina, de Palmas e de Petrolina na Bahia.

Segundo o presidente Jair Bolsonaro, os terminais de São Luís e Imperatriz estão no pacote de privatizações, pois apresentam potencial econômico para o turismo de eventos, turismo de negócios e integração regional.

A escolha dos terminais, se deve, de acordo com o Governo Federal, pela importância das cidades, para o desenvolvimento da cultura agrícola e do agronegócio. Por meio de nota, o Ministério da Infraestrutura informou que o prazo de concessão será de 30 anos e estão previstos quase 2 bilhões de reais em investimentos nos seis aeroportos durante esse período.

A expectativa é que com a privatização, o aeroporto de São Luís, passe a contar com uma maior oferta de voos, inclusive, realizando rotas internacionais.

O presidente já havia anunciado nesse domingo (13), por meio de uma das suas redes sociais, que os aeroportos Marechal Hugo da Cunha Machado em São Luís, e prefeito Renato Moreira em Imperatriz, estariam prontos para serem privatizados.

De acordo com o Governo Federal, os leilões serão realizados após as concessionárias preencherem todos os requisitos descritos no edital publicado. Os vencedores devem realizar melhorias como adequação de banheiros e fraldários, revitalização e atualização das sinalizações de informação nos Terminais de Passageiros (TPS), disponibilização de internet Wi-Fi de alta velocidade, revisão nos sistemas de climatização, escadas e esteiras rolantes dentre outras intervenções.

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: