Grávida é presa suspeita de queimar as mãos do filho

Tainá Setúbal Silva, de 21 anos, foi presa nesta quarta-feira (20) em Apicum-Açu, no norte maranhense, suspeita de queimar as mãos do próprio filho, de apenas 4 anos de idade. Ela é mãe de 3 filhos e está grávida de 8 meses.

De acordo com o delegado regional de Pinheiro, Oseias Cavalcanti, a mulher alega ter tido um acesso de fúria por que o filho supostamente lhe teria subtraído certa quantia em dinheiro. Ela esquentou uma frigideira e colocou a criança para segurar a panela.

A Polícia Militar foi acionada e conduziu a mãe até a delegacia, onde foi autuada por tortura, crime que consiste em submeter alguém sob seu poder a intenso sofrimento físico como forma de aplicar castigo pessoal. A pena vai de 2 a 8 anos de reclusão.

A jovem foi encaminhada ao presídio de Cururupu, onde ficará à disposição da justiça. A criança ferida foi submetida a exame de corpo de delito e, em seguida, foi entregue aos cuidados do Conselho Tutelar. Os outros filhos da suspeita ficarão com os avós maternos.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: