Grupo indígena denuncia invasão e desmatamento de seu território em São José de Ribamar

Famílias do Povo Indígena Tremembé de Engenho denunciam invasão de forma violenta em seu território, ocorrido nesta terça-feira (30), no município de São José de Ribamar, no Maranhão. Tratores e motosserras invadiram o território do grupo indígena destruindo árvores nativas, algumas com mais de 150 anos, fauna e a vegetação nativa. Prejudicando de forma direta o modo de vida dos indígenas.

A devastação da área é impressionante, visto com que violência a natureza é tratada.

“As árvores e os rios pedem socorro no Território Tremembé de Engenho. É o que a Constituição Federal e as Convenções Internacionais nos garante. É o que nossa mãe terra merece”, denuncia o Povo Tremembé ao sofrer nova invasão com desmatamento e loteamento ilegal de seu território.

 

 

Em dezembro de 2018, os Tremembé foram despejados de sua terra tradicional com truculência, e tiveram suas roças destruídas por tratores. Em janeiro deste ano, novamente denunciaram a tentativa de pessoas e organizações representarem os indígenas junto a órgãos públicos e instâncias jurídicas. Diante dos incessantes ataques que vem sofrendo, o Povo Indígena Tremembé de Engenho, informou que repudia mais essa ação criminosa que passa por cima de todas as leis e acordos firmados para concretizar seus planos de lotear o território.

 

 

 

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: