fbpx

Grupo LGBTQIA+ entra na Justiça para Douglas Luiz usar camisa 24 na final da Copa América

A justificativa da CBF sobre a opção de não ter um jogador usando a camisa 24 na Copa América não convenceu o “Grupo Arco-Íris de Cidadania LGBT”. O grupo iniciou um novo processo exigindo que o volante Douglas Luiz use a camisa 24 na final da Copa América, marcada para sábado, às 21h, contra a Argentina.

O site da ESPN Brasil teve acesso à ação, que pede ainda que a CBF seja multada em R$ 460 mil se descumprir a ordem e faça um “pedido público de desculpas” por ter promovido uma “posição institucional discriminatória”.

Este mesmo grupo foi responsável por entrar com ação para que a CBF justificasse o não uso da camisa 24 na competição. A entidade argumentou que a decisão aconteceu por motivos desportivos e por mera liberalidade.

Na lista dos convocados de Tite, a numeração pula do número 23 para o 25.  No Brasil, o 24 está associado ao veado no Jogo do Bicho, o que faz com que o número tenha conotação homofóbica. O “Grupo Arco-Íris” chegou a fazer um questionamento à Fifa sobre o tema.

1 thought on “Grupo LGBTQIA+ entra na Justiça para Douglas Luiz usar camisa 24 na final da Copa América

  1. Isso é o cúmulo porque eles tem que ditar oque todos devem fazer e se não fizer oque eles querem vc pode ser condenado a pagar por danos a eles . sendo que ninguém fala oque eles tem que fazer eles fazem oque eles bem querem , não é melhor cada um cuidar da sua vida sem ficar impondo leis .que Deus abençoe as nossas vidas .

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: