Homem agredido após pedir dinheiro na rua em Mato Grosso receberá ajuda de Juninho Pernambucano

A Polícia Civil de Mato Grosso está investigando um caso de agressão no município de Sinop, a 503km da capital Cuiabá. O vídeo, que teve grande repercussão nas redes sociais, mostra dois homens em um carro, abordando uma pessoa que está pedindo dinheiro e comida na rua. Os homens oferecem dinheiro, perguntam se o rapaz está recebendo ajuda, mas o gesto que parecia ser de generosidade era apenas uma isca para agredir o rapaz. Em meio à indignação dos internautas com os responsáveis pelo ato violento, o ex-jogador Juninho Pernambucano, atualmente diretor de futebol do Lyon, ofereceu ajuda ao homem agredido, identificado apenas como Anderson.

Juninho Pernambucano disse, em seu perfil no Twitter, que vai pagar o tratamento de Anderson em uma clínica especializada em dependentes químicos e revelou que o advogado Rogério Pereira vai representá-lo gratuitamente no processo contra os agressores. O ex-jogador repudiou a agressão contra Anderson e agradeceu aos internautas pela solidariedade.

“Estamos enviando hoje o Anderson, com seu consentimento, para uma clínica especializada em dependência química, onde ele ficará, no mínimo, três meses. A família do Anderson só falou coisas boas dele, e sabe que ele precisa de ajuda. Se ele precisar ficar um ano, ficará, mas queremos ele recuperado e de volta à sociedade, como exemplo pra outros”, afirmou Juninho.

De acordo com a Polícia Civil, o agressor foi identificado como Adonias Correia Santana, enquanto o homem que filmou o ato violento é Hildebrando José dos Santos. Adonias Santana é proprietário de uma madeireira na cidade de Tabaporã, enquanto Hildebrando dos Santos é dono de uma empresa de construção e máquinas agrícolas em Sinop. Os dois homens devem responder por injúria real (quando há ofensa da dignidade de alguém com agressão física), lesão corporal e constrangimento ilegal.

Filiado ao Partido Social Liberal (PSL) em Mato Grosso, Adonias Santana teve sua expulsão do partido confirmada pelo presidente da sigla no estado, Áecio Guerino. Para o dirigente partidário, o ato do empresário é covarde e inaceitável.

Localizado por Juninho Pernambucano, Anderson gravou um vídeo de agradecimento, que foi postado pelo ex-jogador nas redes sociais.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: