Homem confessa ter matado travesti para não ter relações sexuais com a vítima

As polícias Civil e Militar do Estado do Maranhão deram cumprimento, nesta quinta-feira (12), a um mandado de prisão preventiva em desfavor de Ronaldo Pires dos Reis, pela prática de duplo homicídio qualificado.

O crime foi praticado na cidade de Imperatriz, no dia 17 de dezembro de 2018. Segundo a polícia, Ronaldo Pires matou, a golpes de martelo e picareta, dois homens em um condomínio localizado no bairro Parque das Estrelas. As vítimas foram identificadas como Gabriel, de 18 anos de idade, e Emanoel, de 47 anos, que era travesti e tinha como nome social Valquíria.

Deixe uma resposta

%d blogueiros gostam disto: